Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe de 3 Milagres da Vida!

Diário de uma Mãe de 3 filhos - Como conciliar a vida familiar e profissional nesta Aventura de Ser Mãe. Quero partilhar as minhas experiências e conhecimento de Ser Mãe! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏

Mãe de 3 Milagres da Vida!

Diário de uma Mãe de 3 filhos - Como conciliar a vida familiar e profissional nesta Aventura de Ser Mãe. Quero partilhar as minhas experiências e conhecimento de Ser Mãe! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏

Sab | 06.02.21

Atividades em Família - Yoga do Riso

solua

Yoga do Riso é um conceito único que permite a qualquer pessoa rir sem motivo, sem depender de humor, piadas ou comédia.

Fazemos o riso como um exercício físico, através de movimentos corporais, contato visual e espírito infantil, simulando o riso até que se torne real.

Fundada pelo terapeuta e médico indiano Madan Kataria em 1995, a yoga do Riso - ou hasya yoga, em sânscrito - tem vindo a criar ondas em todos os continentes há mais de vinte anos.

Em 2009, o Dr. Servan-Schreiber (1961-2011) escreveu: "No corpo, cada episódio do riso ajuda a circulação da vida: a pressão sanguínea diminui, as artérias do coração facilitam a passagem do sangue e do oxigénio, os dois ramos do sistema nervoso autónomo são reequilibrados e até mesmo as células imunológicas são mais ativas contra vírus ou contra o cancro."

Risoterapia em família... será atividade deste fim de semana em família!

Como começar a praticar a yoga do riso?

- é preciso cerca de 10 a 15 minutos de riso contínuo para obter resultados visíveis no seu corpo.

  • Vamos fazer o exercício do riso com vogais.
    • Para isso, basta desenhar a letra "A" no ar com a mão direita e fingir que a está deitado fora. Continue repetindo o mesmo movimento até chegar a "U".

Vamos experimentar, depois conto como foi!

Deixo aqui o link do site internacional https://laughteryoga.org e acho que irei comprar o livro Yoga do Riso para fazermos mais exercícios.

keep-calm-e-pratique-yoga-do-riso-1.png

(imagem retirada da internet)

4 comentários

Comentar post