Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mãe de 3 Milagres da Vida!

Diário de uma Mãe de 3 filhos - Como conciliar a vida familiar e profissional nesta Aventura de Ser Mãe. Quero partilhar as minhas experiências e conhecimento de Ser Mãe! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏

Mãe de 3 Milagres da Vida!

Diário de uma Mãe de 3 filhos - Como conciliar a vida familiar e profissional nesta Aventura de Ser Mãe. Quero partilhar as minhas experiências e conhecimento de Ser Mãe! ❤️❤️❤️💓💓🥰🙏

Dom | 06.12.20

Voz das crianças e dos idosos

solua

Muitas vezes me pergunto quem pode ser a voz das crianças e dos idosos?

Sempre achei que são dois grupos que precisam ser protegidos e cuidados, o primeiro grupo, as crianças, tem que ser protegidos de pessoas sem coração e que serão o nosso futuro e o segundo grupo, os idosos, são aqueles que precisam dos nossos cuidados, foram os que construíram o nosso passado, aos quais estamos muito gratos.

Tive o privilégio de puder colocar os meus filhos com 3 anos na pré-escolar, graças aos meus atuais idosos, os meus pais!

Durante a pré-escolar, fiquem chocada por o meu filho mais velho, ter sofrido bullying e só me apercebi no ano seguinte, quando ele se recusou de voltar para a escola. Fiquei mais alerta 🚨 e mudei a tática de educar!

As minhas filhas já se conseguiram defender e não foi preciso a minha intervenção. O primeiro, abre caminho!

Agora estou na fase de defender os idosos, o meu Pai está num Lar e com a infeção do COVID-19, acelerou a demência de Parkinson, tem mais dificuldade nos movimentos e na fala, já não consegue atender o telemóvel.

Este fim de semana, não conseguimos contactar o Lar e não conseguimos ter informações sobre o seu estado de saúde. 

Durante esta angústia, li a seguinte reportagem:

Sem visitas, doentes sentem-se “abandonados”. Enfermeiros angariam “tablets” para comunicar com famílias

São estas pessoas que fazem a diferença na vida das pessoas, ainda acredito que cruzam no nosso caminho anjos.

As estruturas residenciais para idosos são diariamente notícia desde o início da pandemia.

 “há indícios de violação grave dos direitos humanos” 

... aponta para violações, sublinhando a situação de “ausência de informação sobre o estado dos utentes aos familiares”

“insuficiência ou desadequação” na administração de medicação, na alimentação e na higiene dos utentes.

... restrição ou suspensão de visitas, por tempo limitado no caso de surtos, E “deve ter um plano para operacionalização das visitas e ter identificado um profissional responsável pelo processo.”

E no caso de idosos doentes e infetados, que estão isolados e pensam que foram abandonados? O que podemos fazer?

O apoio dos familiares é fundamental!

Com a suspensão das visitas, a perspectiva de morrer sozinho, numa cama de hospital, não é só possível, é altamente provável.

Por isso eu faço o mesmo apelo da Enfermeira Carmen:

Por isso, apelou a quem quisesse oferecer tablets que os distribuíssem também por hospitais e lares próximos.

Vamos ajudar a comunicar! Além do mais está a chegar o Natal!

34FB0DC8-098C-448B-B6D5-50699990EB8D.jpeg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.